Meu perfil
BRASIL, Sudeste, Mulher, Portuguese, English, Arte e cultura, Animais








Histórico:

27/05/2012 a 02/06/2012
10/07/2011 a 16/07/2011
05/12/2010 a 11/12/2010
26/09/2010 a 02/10/2010
12/09/2010 a 18/09/2010
02/05/2010 a 08/05/2010
25/01/2009 a 31/01/2009
18/01/2009 a 24/01/2009
07/12/2008 a 13/12/2008
02/11/2008 a 08/11/2008
10/08/2008 a 16/08/2008
03/08/2008 a 09/08/2008
27/07/2008 a 02/08/2008
20/07/2008 a 26/07/2008
13/07/2008 a 19/07/2008
06/07/2008 a 12/07/2008
22/06/2008 a 28/06/2008
15/06/2008 a 21/06/2008
08/06/2008 a 14/06/2008
01/06/2008 a 07/06/2008
25/05/2008 a 31/05/2008
11/05/2008 a 17/05/2008
04/05/2008 a 10/05/2008
27/04/2008 a 03/05/2008



Outros sites:

- UOL - O melhor conteúdo
- BOL - E-mail grátis


Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Contador:

Layout:




VIDAS DA VIDA

CONT.

Vidas da Vida é a estória de alguém a espera de um reencontro com a pessoa amada, após 30 anos. Talvez a espera de um milagre que mude toda sua vida. Se o milagre acontecerá ou não,vocês verão no decorrer dos capítulos. Só sei dizer que a vida reserva surpresas...

 

CAPITULO 19

Parecia que tinha sido "ontem", mas 12 anos haviam se passado ao lado de Fred. Meus filhos deixaram de ser crianças e tinham suas próprias vidas. E eu ali estava,em todos esses anos nada havia mudado...Queria chorar e não chorava...Queria falar de minha dor e não falei...
Não entendia o porquê de Fred se entregar a bebida. Muitas vezes pensei em separação, mas ele dizia me amar e que não aguentaria viver longe de mim! Vivia um dilema...
Certa vez , conversando com Sandra, consegui descobrir o motivo,o que fazia Fred procurar a fuga num copo de bebida. Sua ex- noiva Bárbara, havia rompido o noivado no dia do aniversário dele, quando ele pretendia marcar a data do casamento. E logo depois ele descobriu que ela havia ido viver com um homem bem mais velho, com idade para ser pai dela!
Sandra me disse que depois deste acontecimento ele emudesceu em casa, não conversava com mais ninguém, falava só o necessário e proibiu a família de tocar no assunto. Eu na época não percebi a mudança em Fred, pois estava tão chocada com a morte de Flávio , que não percebia nada que se passava a meu redor. E Sandra disse que Fred só passou a sorrir novamente naquele meu aniversário,em que ela pediu ajuda a ele, para levar o bolo e presentes para o restaurante no almoço de meu aniversário. Ela também me confidenciou de sua surpresa ao vê-lo me convidar para jantar com ele aquela noite. Após aquele dia, ele também voltava a viver! E ela apenas cumpria a promessa que havia feito ao irmão de nunca falar a respeito do noivado rompido...
Creio que depois disso passei a sentir uma certa pena de Fred, sentimento esse que não gostava de sentir!
Mas,Fred passou a chegar cada dia mais tarde em casa e isso me feria muito. Não sabia o que se passava. A tristeza tomava conta de minha alma. Enquanto esperava, contemplando as estrêlas, a luz do luar me enfeitiçava, e ao mesmo tempo lançava sobre mim um presságio...

CAPITULO 20


Recebemos dois convites para um evento sobre movéis e uma exposição de artes que iriam acontecer na semana seguinte em Uruguaiana. Fiquei em dúvida se aceitaria ou não o convite, pois era dezembro, mês de compras, muito movimento na loja, mas Fred me incentivou a ir com Sandra. Seriam apenas 2 dias fora, num final de semana, e Eduarda poderia cuidar de tudo na loja.
Sandra ficou animada, não havia ninguém que a prendesse na cidade, pois estava solteira no momento. Sandra havia se casado duas vezes durante o tempo que nos conhecíamos, teve também alguns namorados, mas o fato de saber que não poderia ter filhos, fazia com que não se prendesse a ninguém. E meus filhos eram como se fossem filhos dela também!
Na semana seguinte estavamos nós duas em Uruguaiana. Vimos coisas interessantes nos atualizamos, era nossa área de trabalho. No segundo dia, iriamos embora no final da tarde, após o almoço. Fomos almoçar no próprio restaurante do hotel, que estava bastante cheio ,pois havia um congreço na PUC de Uruguaina e muitos participantes estavam hospedados naquele mesmo hotel. Ao terminarmos nosso almoço, um garçon se aproximou e me perguntou se eu era a Sra.Marie, e então me entregou um cartão. Perguntei de quem era, e ele disse que um cavalheiro que estava com um grande grupo no final do salão pediu que me entregasse , se fosse mesmo a Sra. Marie.
 Olhei o nome no cartão e congelei. O nome escrito em letras douradas era : Dr. Juan Sanchez. Olhei para o fundo do salão em em meio a tantas pessoas encontrei um sorriso, um olhar, o brilho de uma estrela se abrindo entre nuvens difusas. Meu coração se inflama e se incendeia como fogueira ardente de paixão. Também sorri e dei um leve aceno. Novamente olhei o cartão que no verso se lia: "Minha Menina, me telefone. Por favor, não deixe de ligar.Juan "
Sandra me perguntou o que estava acontecendo e respondi que era um amigo de infância.
Apartir daquele momento não consegui mais controlar meus pensamentos...O que meu coração via e sentia, estava além da presença, das aparências e muito além de um simples olhar... além do olhar...num passado distante...



- Postado por: Maryam às 20h26
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________